Por que torcer para os Patriots no SB 51?

Robert Kraft, Tom Brady e Bill Belichick (Foto: Matt Slocum/AP Photo)
Robert Kraft, Tom Brady e Bill Belichick (Foto: Matt Slocum/AP Photo)

Não sabe para quem torcer no próximo domingo? Não se preocupe. O Quinta Descida não te deixa na mão e lista cinco razões para ficar do lado do New England Patriots ou do Atlanta Falcons. Veja abaixo por que devemos ficar com a franquia de Boston:

1. BILL FUCKING BELICHICK

super-bowl-51-patriots-3Juntos, eles são imbatíveis, mas quem é a peça mais importante do time nos últimos 17 anos: Tom Brady ou Bill Belichick? Enquanto você pensa aí, vamos falar do treinador. Belichick entende tanto de bola oval que faz coisas que surpreendem  fãs e até os especialistas, como se livrar de Chandler Jones e Jamie Collins, e a defesa não sofrer com a ausência deles, e assinar com os “zés ninguém” Dion Lewis e Chris Hogan, protagonistas das vitórias dos Patriots nos playoffs até aqui. Poucas pessoas montam uma equipe competitiva sem precisar abrir os cofres como Belichick.

2. DINASTIA PATRIOTS

super-bowl-51-patriots-4Brasileiros gostam de vencedores, certo? Então certamente vão gostar dos Patriots. Alguns chamam de “império do mal” ou coisa do tipo, mas não dá para negar o inegável: o time de Boston é uma das maiores dinastias da bola oval e ainda não acabou. Desde que Brady se tornou o QB titular, em 2001 (Belichick assumiu a equipe no ano anterior), a franquia soma 14 títulos de divisão (um dos anos em que não venceu foi em 2008, quando Brady perdeu a temporada inteira por lesão), sete títulos de conferência e quatro canecos do Super Bowl em seis aparições. A sétima é no próximo dia 5.

3. FINAL PERFEITO PARA O “DEFLATEGATE”

super-bowl-51-patriots-5Após idas e vindas na Justiça com o “Deflategate” – os Patriots foram acusados de murchar as bolas na final da AFC em janeiro de 2015 – que durou mais de um ano, Brady cumpriu a punição – justa para alguns, injusta para muitos – de quatro partidas imposta por Roger Goodell. O assunto está encerrado, mas o torcedor não vê a hora de comemorar mais um título e, de quebra, testemunhar Goodell entregando o troféu Vince Lombardi para Brady. O comissário, inclusive, já foi questionado sobre o tema: “Ele é um atleta extraordinário e um futuro membro do Hall da Fama. Seria uma honra”.

4. BOSTON, A CIDADE DE CAMPEÕES

super-bowl-51-patriots-7Com franquias nas quatro grandes ligas esportivas dos EUA, a cidade de Boston está mais do que acostumada a parar para receber seus campeões. Nos últimos 15 anos, os torcedores dos Patriots, Celtics, Red Sox e Bruins gritaram “é campeão” nove vezes. A sequência de títulos é a seguinte: 2002 (NFL), 2004 (NFL e MLB), 2005 (NFL), 2007 (MLB), 2008 (NBA), 2011 (NHL), 2013 (MLB) e 2015 (NFL) – sem mencionar as quatro vezes em que eles ficaram em segundo. Ao longo deste período, a “seca” nunca passou de três anos em Boston. Será que os Patriots dão fim a este jejum modesto?

5. BATMAN, JASON BOURNE, CAPITÃO AMÉRICA…

super-bowl-51-patriots-6Ben Affleck, Matt Damon, Chris EvansJohn Krasinski, Mark Wahlberg, Eli Roth… O que eles têm em comum, além de terem interpretados super-heróis ou veteranos de guerra nos cinemas? Todos são de Massachusetts (Affleck nasceu na Califórnia, mas mudou-se cedo) e torcedores dos Patriots (Wahlberg, inclusive, estava em campo no Super Bowl 49). Essa famosa torcida já originou vídeos como o “I am the Locker Room Guy“, ironizando o “Deflategate”, e a hilária reação de Affleck ao descobrir que New England perdia de zero para o Buffalo Bills.

“I AM THE LOCKER ROOM GUY”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s