Newsletter da NFL #3

ROMO FORA DOS COWBOYS, MAS…

O Dallas Cowboys ainda não está 100% decidido sobre dispensar Tony Romo. Não se engane, o quarterback não joga mais no “America’s Team”, mas a franquia texana ainda está tentando ver se consegue descolar alguma troca de última hora para não ficar de mãos abanando, segundo Ian Rapoport, da NFL. O problema é que os Cowboys não possuem o poder de barganha aqui; possíveis interessados em contar com os serviços do camisa 9 podem esperar ele ser dispensado e aí então iniciar as conversas com o próprio atleta, que já deu adeus aos torcedores de Dallas em seu Instagram.

TEXANS TROCAM BROCK OSWEILER!

Em uma negociação que pegou a NFL de calças curtas, o Houston Texans decidiu envolver Brock Osweiler em uma troca com o Cleveland Browns. Além de absorver os US$ 16 milhões do salário do QB, os Browns recebem ainda uma escolha de 2ª rodada do draft de 2018, diz Mike Garafolo, da NFL. Só que a brincadeira não para por aí. De acordo com Rapoport, Cleveland pretende usar o quarterback em uma troca e, caso não consiga, a franquia pretende dispensá-lo! Aproveitando o ensejo, os Browns também dispensaram Robert Griffin III.

DE TOM BRADY PARA AARON RODGERS…

Com o título do Super Bowl 51 no currículo, Martellus Bennett foi ao mercado decidido a fazer dinheiro e… Bom, se a questão era só dinheiro, talvez ele pudesse ter lucrado mais, mas o lucro aqui é na transição: ele deixa de receber os passes de Tom Brady e passa a receber os de Aaron Rodgers. Informações da NFL Network indicam que o contrato do tight end com o Green Bay Packers é válido por três temporadas e US$ 21 milhões. Nós já vimos o impacto que um TE faz no ataque dos Packers em 2016 com Jared Cook

PATRIOTS REFORÇAM ATAQUE E DEFESA

Com muitos nomes do atual elenco no mercado (e assinando com outras equipes), o New England Patriots não quis saber de ficar parado. Os atuais campeões da NFL contrataram Brandin Cooks junto ao New Orleans Saints e em troca enviarão uma escolha de 1ª rodada e outra de 3ª rodada; os Saints ainda enviam de volta uma escolha de 4ª rodada, de acordo com Dianna Russini, da ESPN. Além do WR, os Patriots acertaram também a vinda do cornerback Stephon Gilmore, do defensive end Kony Ealy e do tight end Dwayne Allen.

FLY, EAGLES, FLY

Um dos nomes de maior destaque desta free agency, o recebedor Alshon Jeffery acertou com o Philadelphia Eagles por uma temporada em troca de US$ 14 milhões, informou Josina Anderson, da ESPN. Com o contrato de um ano, o WR espera jogar bem o suficiente para conseguir um novo contrato em 2018, seja com os Eagles em em outro time. Além de Jeffrey, Philadelphia trouxe também Torrey Smith, que havia sido dispensado do San Francisco 49ers; Smith acertou por três anos e cerca de US$ 15 milhões, segundo as informações de Adam Schefter, da ESPN.

HELLO, TAMPA BAY!

É bom ficar de olho nos recebedores do Tampa Bay Buccaneers em 2017! A equipe da Flórida, que já conta com o ótimo Mike Evans, trouxe DeSean Jackson por três temporadas e um salário de US$ 33,5 milhões, dos quais US$ 20 milhões, informou Rapoport. A chegada do recebedor de 30 anos deve aliviar um pouco da carga em cima de Evans, alvo de 173 passes em 2016. “É raro encontrar no mercado um jogador com a combinação de velocidade e habilidades instintivas de DeSean”, declarou o general manager dos Buccaneers, Jason Licht.

JAGUARS, JAGUARS, JAGUARS…

Muita gente apostou no Jacksonville Jaguars para ser a grande surpresa de 2016. Muita gente deu de cara no muro. Os Jaguars vêm fazendo boas movimentações no mercado desde que o time foi comprado por Shahid Khan, e a cena se repete em 2017. A franquia trouxe, de uma só vez, o defensive tackle Calais Campbell e o cornerback A.J. Bouye. O primeiro vai receber por volta de US$ 60 milhões por quatro temporadas, enquanto o segundo terá de “se contentar”com US$ 67,5 milhões por cinco temporadas. Ambas as informações são da ESPN norte-americana.

BEARS TROCAM DE QUARTERBACK

A era Jay Cutler no Chicago Bears acaba de acabar e a era Mike Glennon acaba de começar. Nesta quinta-feira (9), o clube de Illinois anunciou a dispensa do camisa 6 após oito temporadas e a chegada do camisa 8 por três temporadas. Glennon, que não inicia um jogo como quarterback titular desde 2014, assinou um contrato que deve lhe garantir em torno de US$ 18,5 milhões, segundo Rapoport. Já Cutler, de 33 anos, está livre para assinar com quem quiser; o New York Jets é apontado como um dos possíveis interessados no veterano.

REDSKINS DEMITEM GM

Horas após o início da free agency, o Washington Redskins anunciou que o GM Scott McCloughan não trabalha mais na franquia. A decisão foi divulgada por Bruce Allen, presidente do clube, que desejou boa sorte ao dirigente e disse que não faria outros comentários. Uma reportagem do The Washington Post, no entanto, indica que a saída de McCloughan está relacionada aos seus problemas com o alcoolismo, razão que o levou a ser mandado embora do San Francisco 49ers em 2010 e do Seattle Seahawks em 2014.

REDSKINS CONTRATAM PRYOR

Sem DeSean Jackson, o Washington Redskins foi no mercado atrás de um wide receiver e encontrou o quarterback convertido em recebedor Terrelle Pryor. O ex-Cleveland Browns acertou com a equipe da capital por uma temporada em troca de US$ 8 milhões, segundo Schefter. Pryor surpreendeu ao jogar bem como WR e liderou a temporada dos Browns com 77 recepções, 1.007 jardas e quatro touchdowns. A missão dele nos Redskins será grande, ainda mais agora que a franquia perdeu seus dois principais WRs, Jackson e Pierre Garçon.

O BOM FILHO A CASA TORNA

Depois de sete temporadas perambulando na NFC Norte, o defensive end Julius Peppers está de volta ao time que o recrutou em 2002. Josina informa que o acordo entre “criador” e criatura é válido por apenas uma temporada e pode chegar a US$ 4,25 milhões, dependendo do desempenho do defensor. Peppers volta a firmar parceria com o DE Charles Johnson; juntos, os dois somam 148,5 sacks com a camisa dos Panthers, sendo que Julius lidera o quesito na história do clube, com 81, e Johnson aparece logo em sequida, com 67,5.

RUSSELL OKUNG SEGUE NA AFC OESTE

O Los Angeles Chargers levou a melhor sobre o Minnesota Vikings e acertou com o offensive tackle Russell Okung por quatro temporadas. Rapoport publicou que o valor do contrato é de US$ 53 milhões, e deste total, US$ 13,2 milhões são garantidos. Resta saber se foi Okung quem conduziu a negociação. O atleta tinha um acordo de cinco anos e US$ 53 milhões com o Denver Broncos, mas uma opção permitia dispensar o OT após o primeiro ano sem ter de pagar nenhuma “multa rescisória”. Um empresário dificilmente teria permitido isso.

49ERS FAZEM COMPRAS

Com um dos piores elencos da NFL e um dos maiores espaços disponíveis no teto salarial, o San Francisco 49ers, agora sob o comando de Kyle ShanahanJohn Lynch, foi ao mercado e trouxe alguns nomes conhecidos dos fãs da bola oval. Entre os que chegam estão os QBs Brian HoyerMatt Barkley, os WRs Pierre Garçon – contrato de cinco anos e US$ 47,5 milhões, segundo o The Washington Post – e Marquise Goodwin, e o linebacker Malcolm Smith, MVP do Super Bowl 47, quando defendia o Seattle Seahawks.

BRANDON MARSHALL SEGUE EM NOVA YORK

O wide receiver Brandon Marshall não vai precisar procurar por uma casa em outra cidade ou sequer aprender um novo caminho para o estádio. Dispensado do New York Jets, o veterano de 32 anos acertou com o New York Giants por duas temporadas e US$ 12 milhões. “Desde que cheguei a Nova York, sempre ouvi falar coisas incríveis sobre como esta organização é bem dirigida”, exaltou o recebedor em comunicado oficial. Nos Blues da Big Apple, Marshall formará um belo trio com Odell Beckham Jr. e Sterling Shepard.

CARDINALS RENOVAM COM CHANDLER JONES

Se existe alguém que vai ficar muito mais rico do que já é na NFL, este alguém é Chandler Jones. O defensor renovou com o Arizona Cardinals, e fontes ouvidas pela ESPN garantem que o novo contrato gira em torno de US$ 83 milhões, com US$ 53 milhões garantidos, quantia que o coloca no top 6 de mais dinheiro garantido para atletas da defesa. Os Cardinals, que tiveram um 2016 para lá de decepcionante, também chegaram a um acordo com o linebacker Karlos Dansby por mais um ano e com o kicker Phil Dawson por mais dois.

BILLS FICAM COM TYROD TAYLOR

O que parecia óbvio aconteceu. O Buffalo Bills informou que Tyrod Taylor segue na equipe, mas não sem antes reestruturar o contrato do jogador. A previsão inicial era a de que Taylor teria US$ 30,7 milhões a receber em 2017, quantia que deve ter sido repensada nas negociações; nenhum site dos EUA conseguiu saber quanto ele vai ganhar agora. Aos 27 anos, o camisa 5 acumula 29 jogos com a camisa dos Bills, tendo lançado para 6.058 jardas, 37 touchdowns e 12 interceptações, com um rating médio de 94,5.

AFINAL, PARA ONDE VOCÊ VAI, A.P.?

Dispensado na última semana pelo Minnesota Vikings, Adrian Peterson continua sem um novo clube. O noticiário esportivo dos EUA acabou tomado pela abertura da free agency, em especial a troca de Brock Osweiler, mas pouco se falou sobre o running back. O que sabemos até agora é que o Boston Herald publicou que o RB estaria disposto a ganhar menos se fosse para o New England Patriots, enquanto Stacey Dales, da NFL, disse que Oakland Raiders e Seattle Seahawks são os destinos preferidos do atleta.

RAIDERS MAIS PRÓXIMOS DE LAS VEGAS

O Oakland Raiders está mais perto de deixar a Califórnia e se mudar para Nevada. O Los Angeles Daily News publicou no último dia 3 que o Bank of America planeja bancar o dinheiro que falta para a construção de um novo estádio na cidade de Las Vegas. O entrada do banco é fundamental, principalmente após o empresário Sheldon Adelson, dono de uma fortuna avaliada em US$ 31,3 bilhões, pular fora do projeto, o que praticamente inviabilizaria a ida dos Raiders para a cidade do pecado. Os donos das franquias votarão no fim de março se aprovam a mudança do time.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s