Pitacos da Semana 3 da NFL

DONALD TRUMP É UM IDIOTA

Enquanto trava uma guerra verbal digna do jardim primário com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, o presidente dos EUA, Donald Trump, resolveu falar sobre NFL em um discurso na última sexta-feira (23) e só falou merda. Trump defendeu que os donos dos times mandem embora jogadores que protestarem durante a execução do hino, afirmou que as medidas da liga de tentar melhorar a segurança dos atletas está acabando com o jogo e ainda culpou os torcedores, alegando que eles deveriam deixar o estádio se virem alguém se ajoelhando enquanto “The Star Spangle Banner” ecoa.

NFL REAGE APÓS COMENTÁRIOS DE TRUMP

Denver BroncosA fala de Donald Trump não passou em branco. CEOs e donos de franquias emitiram comunicados e condenaram o republicano, classificando sua posição como ofensiva à liga e os jogadores. Em resposta, manifestações foram vistas em praticamente todos os jogos da Semana 3. Os elencos de Pittsburgh Steelers, Tennessee Titans e Seattle Seahawks sequer entraram em campo para o hino; no Dallas Cowboys, o dono Jerry Jones se ajoelhou com os jogadores antes do hino… O NYT fez um levantamento de todas as manifestações em campo.

AARON HERNANDEZ TINHA CTE

Pesquisadores da Boston University revelaram na semana passada que o ex-tight end Aaron Hernandez sofria de um severo caso de CTE, doença degenerativa no cérebro, quando morreu, em abril deste ano, aos 27 anos. Com o diagnóstico em mãos, a viúva de Hernandez, Shayanna Jenkins-Hernandez vai processar a NFL e o New England Patriots, alegando que ambos falharam em informar o atleta sobre os riscos de jogar futebol americano. Segundo a Reuters, Shayanna busca uma indenização de US$ 20 milhões. A liga afirmou que vai contestar as acusações na Justiça.

TNF ELETRIZANTE COM 49ERS E RAMS

Que jogo doido! Atrás no placar durante quase toda a partida, o San Francisco 49ers buscou e por muito pouco não empatou, falhando na conversão de dois pontos a dois minutos do fim. Já no Los Angeles Rams, sobraram playmakers. Beneficiado pela boa atuação de Todd Gurley pelo chão, Jared Goff descolou lindos passes e fez o melhor jogo de sua breve carreira, deixando dois WRs acima das 100 jardas (Sammy Watkins e Robert Woods). Em três semanas, os Rams têm 106 pontos, a maior marca desde 2000, época do… “The Greatest Show on Turf”. Será o início da segunda edição?

REDSKINS FALAM MAIS ALTO

Depois de duas aparições mais ou menos, Kirk Cousins finalmente mostrou por que recebeu quase US$ 44 milhões nos últimos dois anos. Aliás, foi uma atuação de gala não só do QB, que terminou a noite com um rating quase perfeito de 150,7, como de toda a equipe do Washington Redskins. A defesa dominou a ótima OL do Oakland Raiders, limitando o ataque terrestre a 32 jardas e Derek Carr a só 118 jardas, pior marca na carreira do QB. Se continuar jogando assim, os Redskins são favoritos na NFC Leste e prometem fazer um jogão na Semana 4, contra o Kansas City Chiefs.

APAGÃO EM LONDRES

A expectativa era de um espanco entre Baltimore Ravens e Jacksonville Jaguars em Londres. Foi um espanco, mas dos Jaguars em cima dos Ravens. O ataque do time de Baltimore ficou nos EUA; em 12 campanhas, foram oito punts, duas interceptações, um fumble, um turnover em downs e um touchdown, quando o jogo já estava decidido. Já a defesa, responsável pelo campanha até então invicta dos corvos, cedeu QUATRO touchdowns para Blake Bortles. Vale ressaltar, no entanto, que Joe Flacco está longe de estar 100%, e uma nova lesão do camisa 5 pode comprometer a equipe.

CHIEFS SÃO O MELHOR TIME DA NFL?

Único time invicto da AFC, o Kansas City Chiefs voltou a mostrar que é o time mais equilibrado da liga neste momento. A defesa brilhou ao interceptar Philip Rivers duas vezes de cara, turnovers que foram convertidos pelo ataque em dois TDs, deixando os Chiefs com uma vantagem de 14 x 0 ainda no primeiro quarto. A vantagem foi vital porque Alex Smith sofreu com o pass rush do Los Angeles Chargers, sendo sacado três vezes por Melvin Ingram. Destaque para Kareem Hunt, que anotou 172 jardas no chão e segue firme na disputa pelo prêmio de melhor calouro de ataque de 2017.

TIGRES DE BENGALA QUASE EM EXTINÇÃO

A mudança de coordenador ofensivo parece ter surtido efeito no Cincinnati Bengals. Depois de passar dois jogos em branco, o ataque conseguiu o primeiro touchdown da temporada, em passe de Andy Dalton para A.J. Green. A defesa dos Bengals fez um bom trabalho pressionando Aaron Rodgers e foi contemplada com uma pick six, a segunda na carreira do líder do Green Bay Packers. O problema é que dos 24 pontos do Cincinnati, 21 vieram no primeiro tempo; no segundo, o time parou e aí Rodgers fez sua mágica, forçando o empate a 17 segundos do fim e virando na etapa extra.

ALGUÉM SALVE RUSSELL WILSON!

Russell Wilson merece um plano de saúde melhor do Seattle Seahawks. Sem uma OL para protegê-lo, jogo corrido e uma defesa para segurar o ataque adversário, Wilson só faltou fazer chover contra o Tennessee Titans. Foram 373 jardas para o camisa 3, recorde na sua carreira, quatro touchdowns e 49 passes (há algo errado quando um QB chega perto das 50 bolas lançadas), além de um sack e dez QB hits. Do outro lado, a defesa do Seattle, que é cheia de atletas que já foram ao Pro Bowl, não conseguiram encostar em Marcus Mariota. Os Seahawks precisam consertar isso e logo.

TOM BRADY PARA MVP

Não foi o jogo mais tranquilo na vida de Tom Brady. Apesar dos ótimos números (378 jardas, cinco TDs e rating de 146,2), o líder do New England Patriots foi castigado no pocket pela forte defesa do Houston Texans, que anotou cinco sacks, nove QB hits e um fumble retornado para TD de Jadeveon Clowney. Além da vitória, é interessante ver Brady começando a se entrosar com Brandin Cooks, um tanto quanto apagado nas duas rodadas anteriores, e que os adversários estão forçando o camisa 12 a lançar bolas longas e se dando mal (Brady lidera a liga em passes para mais de 20 e 40 jardas).

Resultados da Semana 3 da NFL:

San Francisco 49ers 39 x 41 Los Angeles Rams
Jacksonville Jaguars 44 x 7 Baltimore Ravens
Indianapolis Colts 31 x 28 Cleveland Browns
Philadelphia Eagles 27 x 24 New York Giants
New York Jets 20 x 6 Miami Dolphins
Buffalo Bills 26 x 16 Denver Broncos
Carolina Panthers 13 x 34 New Orleans Saints
Chicago Bears 23 x 17 Pittsburgh Steelers
Detroit Lions 26 x 30 Atlanta Falcons
Minnesota Vikings 34 x 17 Tampa Bay Buccaneers
New England Patriots 36 x 33 Houston Texans
Tennessee Titans 33 x 27 Seattle Seahawks
Green Bay Packers 27 x 24 Cincinnati Bengals
Los Angeles Chargers 10 x 24 Kansas City Chiefs
Washington Redskins 27 x 10 Oakland Raiders
Arizona Cardinals 17 x 28 Dallas Cowboys

* Clique nos links para ver os melhores momentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s