Pitacos da Semana 8 da NFL

TERROR EM MIAMI

Aos trancos e barrancos. Assim pode ser definida a temporada do Miami Dolphins, e o TNF de ontem mostrou o buraco no qual se encontra o clube da Flórida, por mais que a campanha seja positiva até o momento (4-3). Em 13 campanhas de ataque, Miami conseguiu oito punts, duas interceptações retornadas para touchdown, dois turnovers em downs e um field goal errado. Matt Moore, que entrou bem na rodada passada, foi um desastre nesta e volta para o banco assim que Jay Cutler estiver 100%. Quando Jay Ajayi não consegue estabeler a corrida, os Dolphins sofrem.

PRECISAMOS FALAR DOS BILLS

Se a temporada acabasse hoje, o Buffalo Bills estaria nos playoffs e com boas chances de avançar à segunda rodada. Como isso é possível? Forçando turnovers (Bills lideram a liga com 17), marcando pontos sempre que roubar a bola e raramente entregando-a de bandeja. É com esta fórmula que Buffalo bateu times mais talentosos como Atlanta Falcons e Oakland Raiders. LeSean McCoy está voando nas últimas duas semanas (50 corridas, 242 jardas e três touchdowns) e a julgar pela atuação do CB Tre’Davious White, ninguém em Buffalo tem saudades de Stephon Gilmore.

RUSSELL WILSON PARA MVP? POR QUE NÃO…

Ninguém ganha tempo dentro e fora do pocket como Russell Wilson. Mesmo sem ter uma linha ofensiva decente ou um ataque terrestre consistente, o QB tem colocado o Seattle Seahawks nas costas. No duelo contra o Houston Texans, Wilson conquistou 479 jardas totais (452 no passe) e quatro TDs, sem falar no show de passes absurdos fugindo da pressão e na campanha de 80 jardas para virar o jogo a segundos do fim. Seattle é um time que esquenta a partir de novembro, mas Wilson vem jogando bem há mais tempo. Neste ritmo, ele pode entrar nas conversas pelo MVP de 2017.

CHIEFS RETOMAM CAMINHO DA VITÓRIA

Após duas derrotas seguidas e a consequente queda na maioria dos “power rankings”, o Kansas City Chiefs encerrou seu breve jejum ao bater o Denver Broncos com boas atuações da defesa e dos especialistas, em especial Harrison Buttker, com cinco field goals. Do outro lado, a defesa do Denver brilhou ao limitar o ataque dos Chiefs, mas o QB Trevor Siemian voltou a jogar mal e comprometeu a partida. Vance Joseph deve estar pensando em promover uma mudança, mas vai colocar quem? Brock Osweiler? O destino pode ser cruel de vez em quando.

NASCE UMA ESTRELA EM PITTSBURGH

JuJu Smith-Schuster não é só um baita nome. O WR calouro conseguiu seu primeiro jogo para mais de 100 jardas e anotou logo quase 200 (193) e um touchdown em sete recepções, para o desespero de Martavis Bryant, que perde cada vez mais espaço no time. Com apenas 20 anos, JuJu passa a ser uma terceira força e meia deste ataque, ao lado de Antonio Brown, Le’Veon Bell e um Ben Roethlisberger que oscila demais. Os Steelers lideram a divisão, mas ainda não mostraram toda aquela força. Duelo com o Cleveland Browns é uma boa oportunidade de desencantar e passar dos 30 pontos.

Resultados da Semana 8 da NFL:

Baltimore Ravens 40 x 0 Miami Dolphins
Cleveland Browns 16 x 33 Minnesota Vikings
Buffalo Bills 34 x 14 Oakland Raiders
Cincinnati Bengals 24 x 23 Indianapolis Colts
New England Patriots 21 x 13 Los Angeles Chargers
New Orleans Saints 20 x 12 Chicago Bears
New York Jets 20 x 25 Atlanta Falcons
Philadelphia Eagles 33 x 10 San Francisco 49ers
Tampa Bay Buccaneers 3 x 17 Carolina Panthers
Seattle Seahawks 41 x 38 Houston Texans
Washington Redskins 19 x 33 Dallas Cowboys
Detroit Lions 15 x 20 Pittsburgh Steelers
Kansas City Chiefs 29 x 19 Denver Broncos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s