Por que torcer para os Patriots no SB53?

Depois de 17 rodadas de temporada regular e mais três de playoffs, estamos no Super Bowl 53, e podemos dizer que o duelo não é exatamente uma surpresa. Representando a AFC, o New England Patriots joga sua terceira decisão consecutiva; pela NFC, o Los Angeles Rams, que fez uma série de investimentos no mercado e agora colhe os frutos da sua estratégia. Se você chegou até aqui sem saber para quem torcer, dou seis razões para ficar ao lado dos patriotas na decisão.

1. Tom Brady

Goste do “Giselo” ou não, Tom Brady é um dos maiores atletas do esporte mundial, não apenas da bola oval. Aos 41 anos, o QB tem meia temporada (oito jogos) no Super Bowl, com os seguintes dados: 235/357 (66,9%), 2.576 jardas, 18 TDs, cinco interceptações e rating de 98 – números superiores aos de Tim Tebow, por exemplo, ao longo de toda a sua carreira (e com muitos jogos a mais). Brady não esteve nas discussões sobre quem é o MVP, mas foi decisivo quando o time precisou, principalmente nestes playoffs.

2. Final perfeito para a dinastia?

A dinastia dos Patriots começou com uma vitória sobre os Rams no Super Bowl. Nada é mais poético do que “encerrá-la” no mesmo palco, batendo o mesmo time (embora eles agora estejam em Los Angeles). Sim, Tom Brady afirmou que a chance de ele parar de jogar depois da final é “zero” e eu não duvido que New England dê uma de Buffalo Bills e chegue à grande final pelo 4° ano seguido, mas um triunfo aqui fecha com chave de ouro uma história de quase duas décadas com seis títulos conquistados.

3. Trapaceiros ou não, Pats são vencedores

Muitas polêmicas – Spygate, Deflategate, “tuck rule” – surgiram ao longo do reinado do New England, a franquia foi punida, mas a constante é uma só: eles seguem vencendo. Sob o comando de Tom Brady e Bill Belichick, os Pats nunca tiveram uma temporada com mais derrotas do que vitórias. Em 18 anos, o clube deixou de vencer a AFC Leste e ir aos playoffs duas vezes: 2002 e 2008, ano em que Brady lesionou o joelho e perdeu o ano. Se você gosta de vencedores, este é o seu time.

4. Boston, cidade de campeões

Nenhuma outra cidade dos EUA diz “é campeão” com tanta frequência quanto Boston de 2000 para cá. Lar de Patriots, Red Sox, Celtics e Bruins, a capital de Massachusetts viu suas franquias das quatro grandes ligas do país serem campeãs 11 vezes: são cinco anéis na NFL, quatro na MLB, um na NBA e um na NHL. A região metropolitana de Los Angeles, por outro lado, tem nove conquistas neste período (cinco na NBA, três na NHL e um na MLB); eu não incluo o Super Bowl dos Rams porque eles estavam em St. Louis).

5. Patriots, time de heróis

Poucos clubes têm tantos torcedores ilustres e malas como os Patriots. Chris Evans, o Capitão América, é nascido em Boston; Ben Affleck, o Batman, nasceu na Califórnia, mas sua família se mudou para Massachusetts quando ele tinha três anos, e foi lá que ele conheceu Matt Damon, o Jason Bourne, outro fã do New England. John Krasinski, Jon Bon Jovi, Mark Wahlberg, Steven Tyler… Todos são “Brady boys”. E tem também a maior torcedora do New England: Gisele Bündchen, esposa de Tom Brady.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s